30 de out de 2011

Entre Sentir e Fingir.


Então finge, garota. Finge que isso que você carrega dentro do peito é apenas um coração e nada mais. Finge que não precisa de alguém que precise de você também. Diga que está tudo bem e só deixe doer quando estiver sozinha. Finja que não sente falta de ninguém e que assim sua vida é melhor. Finge que não, você não pensa nele o tempo todo. Que não acredita que ainda pode mudar e que alimenta uma esperança tão sua, que ninguém além de você conhece. Diga que não sente tampouco vê. E tudo que chamam de amor por aí jamais apareceu na sua vida. Aja como se nada te afetasse e das feridas, das quais se lembra, são da sua infância. Sofra em silêncio, peça a sua própria ajuda. Saia dessa sozinha, seja livre. Finge que palavras não ferem, que a verdade não doi e que a ferida já cicatrizou há muito tempo. Finge que nada te afeta, que ninguém te atrapalha.
Que sua felicidade depende só de você.
E esquece que o nome dele existe, que a voz dele faz teu coração acelerar. Finge que dentro do seu peito não existe espaço para ele. Finja que por mais que o mundo mude, não é ele que vai te mudar. Finge que não finge. Diga que é real. Minta, minta mesmo. Deixa eu te contar algo, garota. A verdade é que você vive num lugar onde pessoas preferem mentiras do que realidades que machucam. O fingimento é tão excessivo garota, que é quase inacreditável quando alguém diz a verdade. Quer saber? Ninguém mais importa com as consequências, e machucar mesmo, não fará diferença na mentira ou na verdade. Finge. Guarde. Não conte. Seja imprevisível, independente, incontrolável. Aja como se nada acontecesse. Finja que não é falta que você sente. Finge que é assim mesmo que pretende seguir, porque no fundo você sabe: vão te machucar. Não importa. Não importa o tamanho ou quantas cicatrizes leva no peito garota, pensarão que sempre há espaço para mais uma.
Finja ser forte o suficiente para suportá-las, mesmo que não seja. E tarde da noite, chora tudo.
Chora o que não diz e tudo que finge não sentir.

(Será melhor assim. Se não for, finja também.)

Créditos: Mariana Solis

17 comentários:

QFE # disse...

Gosto muito desse seu blog, parabéns !

Mariana Solis disse...

Muito obrigada pelo carinho, Bianca! Amo seu blog, de verdade! Vou tentar comentar mais por aqui, ok? Beijos querida blogueira!

Srª หคтнყ disse...

NOssa que Lindo.
Já fingi muito nessa vida.

Beju
http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/

Amanda Z. disse...

Nossa, nossa, que texto mais lindo flor <3
Sério, muito fofo! (:

Beijos
www.diariodelooks.com
@diariodelooks

Kell disse...

Oi Bianca, tudo bom?

Que texto lindo, me identifiquei muito, pois já fingi várias vezes, mas sei lá, agora não finjo tanto! hahaha
E concordo super com essa frase: "A sua felicidade só depende de você". =)

Obrigada pela visita ao meu blog!
Volte sempre!! ;)

Beijokas,
Kell ^^
http://jornalkell.blogspot.com

Agora tô pronta disse...

Adorei, muito bom!

Renata Cundari disse...

Ei sempre estou por aqui, acompanhando suas postagens e gosto muito do que escreves.
Gostaria de pedir uma FORCINHAAAA
estou com um novo blog

dá uma passada lá, nos segue e se gostar OU NÃO, COMENTA E NOS AJUDE A COMPARTILHAR???

www.grupodejovensparusia.blogspot.com

=D AGUARDO ANSIOSA SEUS COMENTÁRIOS.
OBRIGADA, DEUS ABENÇÕEE!!

Lorena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sister disse...

Oi flor..
Vim deixar um xeirinho e desejar uma ótima noite'
Fica com Deus. =))

www.shop-sis.blogspot.com
@Shop_Sis

Sheila disse...

fingir, não é sempre a melhor saida, mas alivia a dor, cuidado para nao fingir demais para chegar ao ponto de nao se reconhecer..
Lindo texto. saudades daqui, att o meu, qnd quiser, só da uma passadinha :D

beijos

Claire disse...

Nossa que lindo Bia*--*
Saudades,daki.De vc!!!
Obrigada por sempre se lembrar do meu cantinho e sei,que sabe que ele tbm é seu.É de casa.
Um grande beijo e que os anjos lhe protejam.♥

Bruna dos Anjos disse...

olá
adorei o blog...
seguindo :D
se gostar segue tbm:
http://enredodeideias.blogspot.com/
beeijo.

Marco de Moraes disse...

Gostei muito do seu post e do blog também, tanto que agora sigo este espaço!

Quando puder, acesse este post do meu blog, pois penso ter a ver com o seu post:

http://palavrasproferidas.blogspot.com/2011/05/brado-desinibido.html

Tenha um bom final de semana.

Traduzidos em palavras. disse...

Oii, tudo bem?
Adorei seu blog. É muito lindo.
Parabéns.
Se gostar e quiser seguir, este é o meu blog: http://tassiasilveira.blogspot.com/
Beijos e um ótimo final de semana.

AquilesMarchel disse...

descobri seu blog agora li coisinhas antigas

e li esse vc escreve mt bem
cheia de sinceridade e sensibilidade
mas pelo jeito ta abandonado

fico aqui caso um dia resolva voltar bjus

Duda disse...

Nossa, tudo muito lindo aqui, amei, haha*.*
Duda do http://shakethisglitter.blogspot.com
3bjs;*

Caccau Oliveira disse...

FELIZ 2012! *-*
Conheci teu blog através do "The Princess of Dad" e foi amor a primeira vista. LITERALMENTE. Assim que bati o olho neste layout já fiquei vidrada no blog, rsrs
Tudo me chamou à atenção, layout, nome, título do post. Este último principalmente, porque era tudo que eu precisava "ouvir".
De tanto fingir me tornei forte e aguento calada coisas que a maioria não aguentaria nem gritando. E é assim que a vida segue. Amei o blog e estou seguindo. MilBeijos e um 2012 perfeito para você! ;*

Postar um comentário